FTTx

É um termo genérico para designar arquiteturas de redes de transmissão de alto desempenho, baseadas em tecnologia totalmente óptica. São redes passivas, também designadas por PON – Passive Optical Network. A sigla significa Fiber To The X (FTTx), e a tecnologia permite levar a fibra até o usuário final.

Independente da modalidade de FTTx, os elementos principais da tecnologia sempre serão: uma rede de fibra óptica monomodo, equipamentos nas centrais e nos usuários, e elementos de divisão passivos no meio da rede, denominado splitters.

Os ativos de centrais são concentradores denominados OLT. Permitem que o sinal seja compartilhado por até 64 usuários simultâneos distantes até 20km da OLT (*).

Nos usuários, os equipamentos são denominados ONU ou ONT. Esses produtos recebem um sinal óptico e disponibilizam portas metálicas para a conexão dos equipamentos como computadores ou telefones, por exemplo.

Os splitters são divisores passivos, não alimentados por energia e totalmente ópticos. São inseridos em pontos estratégicos da rede, de forma a otimizar o projeto e facilitar a expansão.